Tendência para as engenharias em 2022 prevê alta no mercado

 Tendência para as engenharias em 2022 prevê alta no mercado

Com a queda na procura de profissionais engenheiros durante a pandemia, a retomada da economia influenciará também nesta demanda.

 

O mercado das engenharias estará em alta em 2022. Após um período de queda e baixa procura por profissionais das engenharias, a previsão dos especialistas aponta para a renovação nas áreas de mecânica, mecatrônica e civil, principalmente. Cada vez mais as empresas irão requisitar candidatos qualificados, com atuação voltada para a tecnologia e outras habilidades.

De acordo com o professor da Universidade Tiradentes (Unit), Douglas de Moura Andrade, a pandemia afetou um mercado que já estava abalado, mas, com a retomada da economia no Brasil, ele prevê que a procura por engenheiros cresça também. “Houve bastante perda de postos de trabalho, queda na disponibilidade de vagas, consequentemente aumentando o número de engenheiros desempregados. Muitos partiram para o mercado informal, inclusive tendo que atuar fora da sua área.  Para aqueles que se mantiveram empregados, observamos redução na jornada de trabalho e redução de salários”, disse Douglas.

Assim como a outros profissionais, esse período requereu adaptação a uma nova maneira de trabalho e mostrou que houve uma reciclagem da área e a criação de novas tecnologias. “A tecnologia vem promovendo grandes mudanças nos modus operandi das engenharias. Avanços da inteligência artificial, automação, realidade aumentada, internet das coisas, entre outras, estão cada dia mais presentes no cotidiano de um engenheiro. É importante acompanhar essa verdadeira revolução na profissão, para não perder espaço no mercado de trabalho”, declarou.

 Para entrar nesse novo mercado, o profissional precisará desenvolver algumas outras habilidades e precisará se qualificar ainda mais. “Além das habilidades técnicas peculiares a cada área da engenharia (civil, mecânica, elétrica, produção etc.), atualmente espera-se um profissional que saiba trabalhar em grupo, que tenha facilidade na comunicação e que atue com foco em bons resultados para as empresas”, enfatizou o professor.

Assessoria de Imprensa | Unit

Posts Relacionados