Liminar do MP regulou todos os tobienses que precisavam de UTI

 Liminar do MP regulou todos os tobienses que precisavam de UTI

Nesta segunda-feira, 14 de junho, o Ministério Público de Tobias Barreto, através do Dr. Paulo José, se manifestou sobre a nova decisão da Justiça que indeferiu a determinação que obrigava o estado a zerar a fila por leitos de UTI Covid para pacientes que aguardavam em enfermaria da UPA São Vicente de Paulo, no município de Tobias Barreto.

 

Segundo o Ministério Público, a limar que durou 3 dias, foi o período suficiente para que o estado regulasse todos os tobienses que estavam precisando de UTI, além disso, o estado também foi obrigado a instalar dez novos leitos no Hospital Regional de Itabaiana, com status “padrão de UTI”, para atender pacientes em estado grave. Os leitos possuem ventiladores, monitores, bombas de infusão, cama elétrica, rede de gases, desfibrilador, raio x portátil, gasômetro, e outros equipamentos.

Portanto, a ação civil pública, ajuizada através do promotor de Justiça Dr. Paulo José com pedido de antecipação de tutela, em desfavor do estado de Sergipe, alcançou seu objetivo.

 

Direto da redação

 

 

Posts Relacionados