Fluminense e Bahia não entram em acordo pelo empréstimo de Fernando Pacheco

 Fluminense e Bahia não entram em acordo pelo empréstimo de Fernando Pacheco

Jogador, de 21 anos, se recuperava de uma lesão muscular na coxa esquerda

 

Sem espaço no Fluminense, Fernando Pacheco estava de malas prontas para defender o Bahia, mas a negociação não teve um acordo entre as partes e se encerrou. O time baiano queria contar com o empréstimo do peruano, de 21 anos, para a sequência da temporada de 2021, inclusive, já para a Copa do Nordeste, que está em sua fase final, e para a Copa Sul-Americana. Porém, as conversas pelo atacante, que se ainda se recuperava uma lesão na coxa esquerda, se prolongaram muito, esfriando sua ida à equipe nordestina.

Durante as tratativas envolvendo o jogador, o clube carioca se propôs a pagar seu salário até que ele fosse relacionado pela primeira vez para uma partida no Bahia. A partir disso, os vencimentos seriam quitados integralmente pelos baianos.

A opção de compra foi fixada em US$ 350 mil dólares (aproximadamente R$ 2 milhões) por 25% dos direitos econômicos de Fernando Pacheco. O valor era proporcional ao que o Fluminense pagou (US$ 700 mil) por 50% do atleta, junto ao Sporting Cristal, do Peru. O time das Laranjeiras entendia como boa opção a possibilidade de recebimento futuro de US$ 350 mil pela metade do que tem dos direitos, somados aos salários economizados até o fim do ano.

Por saber que não teria Pacheco no elenco, o Bahia agiu rapidamente no mercado e contratou, na última semana, o atacante Maykon Douglas, ex-ABC de Natal. Ele já foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e está apto a estrear.

 

POR BRUNO GENTILE

 

Posts Relacionados