Flamengo e Fluminense empatam e decisão do Campeonato Carioca fica para o segundo jogo

 Flamengo e Fluminense empatam e decisão do Campeonato Carioca fica para o segundo jogo

Gabigol fez, de pênalti, para o Rubro-Negro e Abel Hernández deixou tudo igual a favor dos tricolores

 

Tudo igual no Maracanã! Flamengo e Fluminense empataram em 1 a 1, neste sábado (15), pelo jogo de ida da final do Campeonato Carioca, e a decisão do título do Estadual ficará mesmo para a partida de volta, que será realizada daqui a sete dias, no mesmo horário e estádio, porém, com o mando de campo da equipe de Rogério Ceni. Os gols de hoje foram marcados por Gabigol, de pênalti, e Abel Hernández, um em cada etapa.

O primeiro tempo começou agitado e fez valer o verdadeiro significado do Fla-Flu, sempre movimentado e cheio de emoções. Ao rolar a bola, o Rubro-Negro rapidamente passou a controlar as principais ações e se manteve no campo de ataque adversário, pressionando a saída de jogo. A ideia surtiu efeito e, aos 15, após algumas jogadas criadas, Gerson sofreu pênalti de Egídio. O árbitro até chegou a marcar falta fora da área, mas, com o auxílio do VAR, assinalou a cal. Com categoria, Gabigol deslocou Marcos Felipe, chutou no canto esquerdo e abriu o placar.

No restante dos 45 minutos iniciais, o Tricolor pareceu não estar em uma boa noite e praticamente não armou lances de perigo à meta defendida por Gabriel Batista, que mais uma vez substituiu o lesionado Diego Alves. Por outro lado, o time da Gávea seguiu firme na parte ofensiva e, inclusive, desperdiçou algumas chances de ampliar a vantagem, com Arrascaeta, em duas oportunidades, e o próprio autor do gol, o camisa 9, que finalizou para fora depois de ficar cara a cara com o goleiro.

Na volta do intervalo, o Fluminense, no prejuízo, retornou mais ligado na partida e foi à frente, quase chegando ao empate com Calegari e Fred. As jogadas da equipe das Laranjeiras foram aparecendo com mais naturalidade e, aos 32, a blitz tricolor deu resultado: após cobrança de escanteio de Cazares, a zaga do Flamengo tirou de cabeça e o rebote ficou com Egídio. Ele jogou a bola na segunda trave para Luiz Henrique, que escorou para o outro lado, onde Abel Hernández chegou para cabecear para o gol aberto.

Em seguida, ambas as partes ainda tiveram possibilidades de ficar na frente do marcador, entretanto, não obtiveram êxito. Agora, a decisão do título do Estadual ficará para a partida de volta, que ocorrerá no próximo sábado (22), no mesmo horário e estádio, com mando de campo do Rubro-Negro. Quem vencer leva a taça e, caso o duelo termine novamente empatado, o troféu será decidido nas penalidades.

 

POR BRUNO GENTILE

 

Posts Relacionados