Em Sergipe, taxa de emprego teve crescimento de 0,61%

 Em Sergipe, taxa de emprego teve crescimento de 0,61%

Uma pesquisa divulgada pelo Observatório de Sergipe, nesta quarta-feira (29), com dados do Ministério da Economia, aponta que Sergipe criou 1.694 empregos com carteira assinada em agosto. Desse total, Aracaju e Frei Paulo apresentaram as maiores taxas.

No acumulado do ano, foram criadas 3.934 vagas no estado sergipano. Já os últimos 12 meses somam 14.758 postos gerados. De acordo com a análise, os municípios que mais geraram emprego no mês de agosto foram Aracaju (499), Frei Paulo (171) e Nossa Senhora do Socorro (165). Já as cidades com menores índices foram Laranjeiras (-228), Japoatã (-53) e Campo do Brito (-14).

Dos cinco setores observados, todos criaram vagas. A construção civil liderou com 596 vagas. Na sequência, comércio (572), serviços (292), agropecuária (120) e indústria (114).

Na construção civil, afirma o estudo, o saldo positivo foi impulsionado pela construção de edifícios (515). No comércio, o destaque foi o varejista (398), mais especificamente, o de equipamentos de informática e comunicação (126).

Cenário Nacional

O Brasil fechou o mês com saldo de 372.265 postos gerados. Todas as 27 unidades da federação registraram resultado positivo. Os maiores acréscimos foram observados na Paraíba (2,22%), Rio Grande do Norte (1,67%), Alagoas (1,55%), Pernambuco (1,36%) e Ceará (1,35%). Sergipe pontuou um aumento de 0,61%.

Por Redação Portal A8SE

Posts Relacionados