CRP19 volta a cobrar da SMS de Aracaju vacinação contra COVID-19 para psicólogas(os) ainda não vacinados

 CRP19 volta a cobrar da SMS de Aracaju vacinação contra COVID-19 para psicólogas(os) ainda não vacinados

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe- 19a Região, voltou a cobrar da Secretaria Municipal de Saúde vacinação contra COVID-19 para psicólogas(os) ainda não vacinados.

No ofício enviado nesta terça-feira, 8, o Conselheiro Presidente Naldson Melo, reconhece  o empenho na vacinação dos profissionais de saúde do município de Aracaju, em especial às psicólogas e psicólogos que já receberam ao menos a primeira dose dos imunizantes disponibilizados contra a Covid-19, mas solicita informações sobre ofício no dia 30 de março de 2021, no qual busca respostas acerca dos os critérios utilizados para o processo seletivo implantado para aprovação das profissionais já inscritas, assim como a quantidade de profissionais psicólogos já vacinados pelo município.

“Até a presente data, não obtivemos resposta. Esses dados são fundamentais para darmos sequência à vacinação de diversas psicólogas e psicólogos atuantes no estado e que ainda não foram vacinadas/os. Salientamos que, de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, a vacinação de psicólogas/os é urgente, visto a categoria profissional que compõe este Conselho se encaixa como “profissional de saúde” e foi inserida nos “grupos prioritários”, ressalta Naldson Melo.

No PNI há a recomendação de que “poderá ser solicitado do profissional documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde”, sendo que esta orientação possui caráter facultativo e não excludente.

“Nesse sentido, o CRP19 compreende que a atuação dos profissionais da psicologia está relacionada à promoção de saúde em suas diversas vertentes, seja no âmbito hospitalar, da assistência social, clínica, escolar, organizacional, do esporte, do trânsito, da área jurídica, incluindo as psicólogas que realizam atendimento remoto/online devido à insegurança de atuar de forma presencial”, reforça.

No ofício, O CRP19 pontua ainda que diversas pesquisas constataram que o risco em contrair o coronavírus SARSCoV-2 se dá especialmente em ambientes fechados, com aglomerações de pessoas e com reduzidos cuidados quanto à higiene pessoal. Tal condição não é exclusiva dos psicólogos e psicólogas atuantes no âmbito hospitalar, clínico e/ou ambulatorial. A interação da psicóloga com pacientes, usuários e/ou pacientes pode proporcionar a contaminação tanto de quem exerce o papel profissional quanto da pessoa atendida e dos seus acompanhantes e/ou responsáveis, independente do contexto de trabalho.

O Conselho de Psicologia considera ainda que  a vacinação de psicólogas e psicólogos se mostra fundamental na promoção da saúde de toda a população, que é acometida por uma série de psicopatologias, assim como torna patente a necessidade de acompanhamento especializado diante do sofrimento e da dor da perda de entes queridos, do rompimento de laços pessoais e laborais e da incerteza relacionada ao futuro, fenômenos agravados pela pandemia e que se intensifica com a reduzida cobertura da população já vacinada com duas doses (apenas 10,81% da população até o dia 07/06/2021).

“Por tudo que foi exposto, o CRP19 solicita a reabertura do cadastro para vacinação dos profissionais de saúde encerrado em 18 de maio, que inclui psicólogas e psicólogos, pois muitos profissionais não se cadastraram por questões relacionadas à atuação profissional recente, ao fato de ter adoecido de Covid-19 e ter que aguardar o prazo para vacinação, e reprovações de cadastro mesmo com documentos comprobatórios. Além disso, encaminhamos pedido para acolhimento, por parte da Secretaria, de uma lista a ser enviada pelo CRP19, de psicólogas atuantes, registradas/os e adimplentes para que o código de vacinação seja liberado para essas profissionais”, defende o Conselheiro Presidente Naldson Melo.

 

Assessoria de Comunicação | CRP19

Posts Relacionados