Bahia não faz boa partida, mas consegue empate com o Montevidéu

 Bahia não faz boa partida, mas consegue empate com o Montevidéu

O Bahia começou a partida desta noite como o torcedor gosta. No Estádio Parque Viera, em Montevidéu, soube executar sua estratégia e dominou o primeiro tempo; foi para o intervalo vencendo por 1 a 0. E aí estava o problema. Depois de perder a chance de matar o jogo na primeira etapa, o time baiano viu o adversário empatar aos cinco do segundo tempo e se desequilibrou em campo. Desorganizado, tentou as ligações diretas ineficientes e viu morrer, em lance de Alesson na cara do gol, a chance de voltar para Salvador com a vitória.

  • Primeiro tempo
    Bahia comemora gol sobre o Montevideo City

    Bahia comemora gol sobre o Montevideo City (Foto: Rafael Machado/ Divulgação/ EC Bahia)

    O técnico Dado Cavalcanti decidiu apostar numa estratégia já conhecida – e que deu certo no primeiro tempo. Com a marcação baixa, atraiu o Montevideo City para o seu campo e lançou mão dos contra-ataques, que deram origem às melhores jogadas do Tricolor. Logo aos oito minutos, após uma boa trama de Nino Paraíba, Gilberto rolou para Rodriguinho abrir o placar. O gol deu mais confiança ao Bahia, que deixou a bola com o adversário, vendo que ele não sabia o que fazer com ela. O time baiano, no entanto, poderia ter ido para o vestiário com placar mais confortável, já que perdeu duas grandes chances de ampliar.

  • Segundo tempo

    Na segunda etapa, o Bahia foi outro time. Antes ofensivo e até envolvente, o Tricolor viu o Montevideo City empatar logo aos cinco minutos e sentiu. Passou a errar bastante e perdeu o controle do meio de campo. Sem Patrick de Lucca, que havia sido substituído, amarelado, por Lucas Araújo, o time baiano perdeu qualidade na saída de bola e começou a apostar nos chutões, que não deram resultado. Alesson ainda ficou cara a cara com o goleiro no último minuto, mas deixou o torcedor na frustração.

  • Próximos jogos

    Pela Sul-Americana, o Bahia volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe o Guabirá-BOL. A partida está marcada para as 21h30, no estádio de Pituaçu. Antes disso, no entanto, o Tricolor tem compromisso pela Copa do Nordeste. Neste sábado, vai pegar o Fortaleza, no Castelão, pelas semi do regional.

     

    https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/copa-sul-americana/jogo/21-04-2021/montevideo-city-torque-bahia.ghtml

Posts Relacionados